Como Descafeinar O Café?

12.09.2022

Como Descafeinar O Café
O café é uma das bebidas mais queridas dos brasileiros. Ele está presente na mesa todos os dias no café da manhã e faz parte da rotina de milhares de pessoas. Alguns elevam sua paixão pelos cafés e se especializam em seus sabores e aromas, outros bebem de maneira mais simples.

  1. Existem diversos tipos de cafés para todos os gostos, e um deles é o descafeinado;
  2. Você tem dúvidas de como é o processo para tornar um café descafeinado? Explicaremos para você ao longo deste artigo;
  3. Pegue seu café e boa leitura;

A cultura do consumo de café Beber café representa um momento de renovo e prazer no dia a dia, presente no café da manhã e da tarde, a bebida nos faz reviver lembranças da infância e momentos em família, com um bom café e bolo com cheiro de casa. Porém, o hábito de beber café está mudando e se tornando cada vez mais sofisticado.

  1. Os cafés premium estão conquistando seu espaço e crescendo rapidamente no Brasil;
  2. Inclusive, uma pesquisa da Euromonitor apontou que a categoria passou a representar 10% das vendas domésticas de café no país;

O Brasil é o segundo maior consumidor de café no mundo, ficando apenas atrás dos Estados Unidos. O plantio de café e exportação do produto também é uma marca registrada em nosso país. Hoje em dia podemos encontrar com facilidade uma enorme variedade de cafés em pó e em cápsulas, o tipo que abre caminho para os cafés especiais como o Café Fazenda Floresta , e representa atualmente uma grande parte do consumo total de café ao ano.

Quais mudanças ocorreram no consumo de café nos últimos anos? A grande disponibilidade de opções de café dá-se graças a uma maior exposição do produto nas mídias como as redes sociais, e aos lançamentos de pequenas marcas especializadas na produção de cafés especiais.

Isso contribuiu diretamente com o aumento do consumo do produto e uma mudança no hábito de beber café simplesmente como um hábito corriqueiro. À medida em que o consumidor adquire mais conhecimento sobre o café, mais se descobre sobre sua complexidade e infinitas variedades e combinações que o café comporta.

  • Muitos especialistas se dedicam aos tipos de grãos e seus aromas, nuances e harmonizações possíveis com o café, uma prática que vem se difundindo e conquistando o paladar de muitos brasileiros;
  • Todo o processo que envolve o café irá influenciar diretamente neste sabor e aroma únicos que os cafés possuem, desde seu plantio e região onde foi cultivado, até o modo como é preparado;

A torra do grão e sua densidade também são fatores relevantes para a definição do sabor do café. As variações são tantas que podemos, inclusive, consumir o café conhecido como descafeinado. Mas ainda existem muitas dúvidas de como este tipo de café é feito.

Como é o processo para tornar um café descafeinado? Descubra os métodos Veja a seguir quais são os métodos mais populares de como é o processo para tornar um café descafeinado. Solventes químicos Existem diversas maneiras de descafeinar o café.

Uma delas é através de solventes químicos. A prática consiste em deixar os grãos de café de molho em um solvente que pode ser o cloreto de metileno, que possui um agente responsável por remover a cafeína dos grãos, ou acetato de etila, um éter de fruta natural, também usado na fabricação de removedores de esmalte.

Os grãos são postos de molho em água e depois embebidos por um destes solventes químicos para que a cafeína seja removida. Esta água onde os grãos são deixados é reutilizada várias vezes, até que esteja com o aroma próprio do café.

You might be interested:  Que Tipo De Leche Se Utiliza Para Hacer Arte Latte?

Já depois de serem deixados de molho por um longo período, os grãos perdem pouco sabor, pois são postas de molho novamente em uma essência concentrada de café. De molho na água O método tem sua origem na Suíça, cuja técnica se resume a deixar os grãos de molho em água e coar a solução através do carvão ativado, que captura a cafeína presente no líquido.

O método se popularizou em 1979 por ser o primeiro a responder como é o processo para tornar um café descafeinado sem o uso de solventes. Dióxido de carbono Outra forma de descafeinar os cafés é com o uso do dióxido de carbono super cítrico, onde os grãos que foram previamente colocados de molho em água são transferidos para um extrator feito em aço inoxidável, depois selados, e alguns jatos de gás carbônico líquido são injetados no extrator, com pressão.

Neste método, o gás carbônico injetado se une às moléculas de cafeína, extraindo-as dos grãos de café. Depois do processo de injeção, o gás é descartado e os grãos são postos em um local separado para serem moídos. Esta é uma das maneiras de como é o processo para tornar um café descafeinado mais técnico e que demanda conhecimento, e pode ter um custo mais elevado.

Como é feito o café descafeinado?

 Andrey Zhuravlev/iStock Publicidade Publicidade Existem cinco processos diferentes. Todos começam com a mesma etapa: despejar os grãos de café em água quente para amolecê-los e depois mergulhá-los em um solvente. Um dos métodos mais tradicionais usa o cloreto de metileno, substância que se liga às moléculas de cafeína, extraindo-as do grão.

Outra substância possível é o etil-acetato. O problema com esses dois primeiros métodos é que o solvente nunca é totalmente removido do café, que fica com um sabor diferente. Um terceiro método é, após amolecer os grãos, cozinhá-los com gás carbônico em uma caldeira de alta pressão.

Nessas condições, o gás carbônico atrai as pequenas moléculas da cafeína. As moléculas que contêm o sabor do café, por serem maiores, não são retiradas e o gosto da bebida é mais bem preservado. Sua desvantagem é ser um método caro. A quarta alternativa é usar a própria água quente como solvente.

O café fica nela até que várias de suas substâncias, tanto a cafeína quanto as moléculas de sabor, bóiem. Após passar por um filtro de carvão, que retém só a cafeína, a água é devolvida aos grãos, que reabsorvem as moléculas de sabor.

O quinto método é uma variação deste último. Em vez de mergulhar os grãos em água pura, usa-se uma água já saturada por substâncias de café e filtrada no carvão. Assim, só a cafeína é atraída para fora dos grãos, pois as moléculas de sabor não encontram espaço para serem absorvidas pela água. Continua após a publicidade

  • bebida
  • Cafeína
  • Mundo Estranho
  • Tecnologia

Como é feito o café descafeinado? Existem cinco processos: alguns usam produtos químicos, e afetam o sabor do café, enquanto outros só empregam água quente – mas são mais caros. Entenda.

You might be interested:  Como Germinar Café?

Como se retira a cafeína do café?

Danilo Sansão Ribeiro, São Paulo, SP Existem quatro técnicas para a descafeinação, mas nem todas são bem aceitas. Uma delas consiste em mergulhar os grãos em cloreto de metileno, substância capaz de dissolver e extrair a cafeína. O inconveniente é que sempre restam resíduos de cloreto de metileno, nocivos ao organismo, mesmo depois dos grãos serem aquecidos ou varridos com vapor para retirá-lo.

Em outra técnica, os grãos são mergulhados em alguns alcoóis e éteres, que também são capazes de dissolver a cafeína. Nesse caso, o problema é que esses solventes podem extrair, além da cafeína, outros componentes do café.

Na terceira técnica envolvem-se os grãos de café em gás carbônico que está em um estado físico chamado supercrítico – o gás fica muito denso, quase líquido. Nesse estado, ele retira a cafeína com resultados bastante bons, a não ser pelo alto custo. Por isso, a tecnologia preferida é a que usa partículas do próprio café dissolvidas em água.

  1. Essa solução é pobre em cafeína e atrai esse componente dos grãos que se quer descafeinar;
  2. Esse processo recebe o nome de natural, diz o engenheiro de alimentos Alfredo de A;
  3. Vitali, do Instituto de Tecnologia de Alimentos, em Campinas, São Paulo;

É que ele não exige contato do café com solventes nocivos à saúde.

  • Café
  • Como fazer
  • Curiosidades

Como se retira a cafeína do café? Danilo Sansão Ribeiro, São Paulo, SP Existem quatro técnicas para a descafeinação, mas nem todas são bem aceitas. Uma delas consiste em mergulhar os grãos em cloreto de metileno, substância capaz de dissolver e extrair a cafeína. O inconveniente é que sempre restam resíduos de cloreto de metileno, nocivos ao organismo, mesmo depois dos grãos […].

Como funciona o processo de descafeinado?

Como Descafeinar O Café Café é café, ou seja, não existe grão descafeinado, por isso, como é que se obtém o descafeinado que milhões de pessoas bebem diariamente? Existem três processos principais para obter o café descafeinado. Processo com água O processo de produção de descafeinado que envolve água, ocorre da seguinte forma: os grãos de café verde ou cru são submetidos a vapor ou mergulhados em água quente, num tanque, de forma a expandir os poros do próprio café, facilitando assim a extração da cafeína.

  • Com os poros já abertos, os grãos de café são colocados de molho com uma mistura de café sólido que remove a cafeína, mantendo os óleos e o sabor do café intacto;
  • Por fim, a água é transferida para outro tanque, onde a cafeína é filtrada;

Os grãos de café são secos e seguem para torrefação. Processo com dióxido de carbono Este processo de descafeinado implica a introdução dos grãos de café verde num tanque de aço inoxidável atestado com água – o dióxido de carbono pressurizado é depois adicionado à água.

Apesar do dióxido de carbono atrair a cafeína, as proteínas e os hidratos de carbono dos grãos de café mantêm-se inalteráveis. O dióxido de carbono, agora repleto de cafeína, é transferido para outro tanque de aço inoxidável, onde a pressão é largada e a cafeína eliminada.

O dióxido de carbono volta ao seu estado gasoso e pode ser reutilizado noutros grãos de café crus. Os grãos de café, agora descafeinados, são submetidos a um processo de secagem, antes de poderem ser torrados. Processo com diclorometano ou acetato de etila Produzir descafeinado através do processo químico pode ser realizado de forma direta ou indireta, sendo que ambos os métodos requerem a utilização de diclorometano ou acetato de etila.

  1. No método indireto, os grãos de café verde são colocados de molho em água quente, que atua para separar a cafeína e os óleos responsáveis pelo sabor do café em si;
  2. De seguida, a água é transferida para um tanque, onde é tratada com um dos dois químicos já mencionados e que, ao entrar em contacto com a água, facilita a filtragem e consequente separação da cafeína;
You might be interested:  Cuando Llega Rosario Bus Expreso?

Depois de a cafeína ser filtrada, os grãos de café são reintroduzidos na água, de forma a poderem reabsorver os seus óleos e paladar. No método direto, os grãos de café verde são submetidos a vapor e depois enxaguados com diclorometano ou acetato de etila para remover a cafeína.

  • Anterior
  • Seguinte

Como descafeinar um café torrado?

Descafeinação de Café

Solventes químicos – A primeira pessoa a descobrir um método prático de descafeinação foi outro alemão, Ludwig Roselius, chefe da empresa de café Kaffee HAG. E foi por acidente. Em 1903, uma carga de café num navio havia sido inundada pela água do mar em trânsito – num processo de dissolução química, a cafeína foi liberada, mas sem afetar o sabor.

  1. Roselius então elaborou um método industrial para repetir esse feito, cozinhando os grãos com vários ácidos antes de usar o solvente benzeno para remover a cafeína;
  2. Nascia assim o café descafeinado, patenteado três anos depois;

Tempos depois descobriu-se que o benzeno era um possível agente cancerígeno, o que levou à busca de técnicas de extração da cafeína dos grãos de café sem afetar o sabor. Segundo Chris Stemman, diretor-executivo da associação British Coffee, a maioria das técnicas elaboradas à época ainda é usada hoje.

  1. Mas o processo não é tão simples quanto pode se supor;
  2. Muitas das empresas especializadas em descafeinação estão sediadas na Europa, no Canadá, nos Estados Unidos e na América do Sul;
  3. Crédito, RyanJLane/Getty Images Legenda da foto, A cafeína precisa ser retirada dos grãos de café quando eles ainda estão verdes, antes da torra Você pode pensar que seria mais fácil torrar os graõs, moê-los (para café espresso, filtrado ou instantâneo) e então começar o processo;

Não é assim, diz Stemman. “A descafeinação acontece quando o café ainda está verde antes de ser torrado. Se você fosse tentar descafeinar um café torrado, acabaria fazendo algo que tem gosto de palha. ” Existem várias maneiras, mas a que prevalece é deixá-lo de molho em um solvente – geralmente cloreto de metileno ou acetato de etila.

O cloreto de metileno pode ser usado como um diluidor de tinta e um desengraxante, bem como um agente para remover a cafeína. O acetato de etila, por sua vez, é um éter de fruta natural feito geralmente de ácido acético – essencial no vinagre – e também é usado para fazer o removedor de esmalte (tem um cheiro doce característico, muito parecido com gotas de pêra).

Os grãos são primeiro embebidos em água e depois cobertos em uma solução contendo um desses solventes. Só então a cafeína é retirada. A água com solvente é então reutilizada seguidas vezes até estar cheia de aromas e compostos de café – praticamente idênticos aos grãos, com exceção da cafeína e do solvente.